Ernesto Lia

Veja vídeo em homenagem ao artista plástico araraquarense, falecido nesta sexta-feira (6)
Visualize fotos

Vídeo em homenagem a Ernesto Lia, produzido pela TV Câmara.

Faleceu hoje (6) em Araraquara o artista plástico Ernesto Lia, aos 79 anos. Filho de José Lia e Pachoalina de Lucca, o Membro da Academia Brasileira de Belas Artes, da Accademia Mondiale degli Artísti, do Le Centre International DArt Contemporain Paris e Professionisti da Academia Tiberiana de Roma, cresceu em uma família de 11 irmãos. Sua carreira é marcada pela produção de portraits e paisagens impressionistas.

Ganhou diversos prêmios, outorgas em várias localidades nacionais e internacionais, nomeações, como "Membro do Grand Prieuré do Brasil e Suíça", a "Gold Great Master Medal" Curtis Hixon Convention Center, "Grande Médaille Dor" Exposition Dart Contemporain Nice e "A Medalha Grande de Ouro" 1ª Mostra de Arte Contemporânea Brasileira Expofair Lisboa.

Graduado em 1956 pela Escola de Belas Artes de Araraquara, estagiou no ateliê do pintor italiano Gaetano De Gennaro, em São Paulo, aperfeiçoando-se em portraits. Recebeu, em 1959, a Grande Medalha de Ouro da Associação dos Artistas Unidos do Brasil como reconhecimento dentro da arte brasileira com a tela em pastel "Gabriela Cravo e Canela".

A Câmara Municipal fez duas homenagens a Ernesto Lia. Em 1999 lhe foi conferido o Diploma de “Honra ao Mérito”, por indicação do vereador Valderico Jóe. Em 1971 recebeu o título de “Cidadão Benemérito”, indicado pelo vereador Rubens Belardi Ferreira. Mais recentemente, em março de 2018, nas dependências da Câmara, Ernesto Lia recebeu o Diploma de Patrimônio Emérito Cultural Araraquarense, honraria promovida pela ABATUR - Associação de Bueno de Andrada para Cultura e Turismo Rural, dentro das comemorações do Dia Municipal do Patrimônio Emérito Cultural.

Vídeo produzido