Fone: (16) 3301-0641

Memória: 135 anos da chegada do 1º trem em Araraquara

Um pouco do contexto histórico


Chegada do primeiro trem da Rio-Clarense em Araraquara, em 18 de janeiro de 1885.

À frente da locomotiva está escrito: "Viva o Visconde do Pinhal, Digno Presidente da Cia. Rio Claro

Viva Araraquara!" 

 

Inauguração da Estrada de Ferro Araraquara 

18 de janeiro de 1885, a cidade de Araraquara vê pela primeira vez a locomotiva e os vagões chegarem à estação, com o prolongamento do tráfego provisório entre São Carlos do Pinhal e Araraquara.

O trem inaugural partiu de Rio Claro às 10h45 e seguiu para Araraquara aqui chegando às 16 horas, onde o povo araraquarense aguardava ansioso, juntamente com todas as autoridades do município.

Um dia histórico, com grande festividade, muita música, bandeirolas, foguetes e discursos.

 

 

Estação de Araraquara vista de fora

 

Com o novo trecho aberto ao tráfego, o tronco desta via férrea foi elevado a 128 quilômetros (Araraquara – Rio Claro). Anos mais tardes, em 1898, foi instituído sob a liderança do Coronel Carlos Batista Magalhães, a sociedade que iniciaria a abertura da Estrada de Ferro Araraquara.

 

Acesse o álbum histórico da Companhia Paulista de Estradas de ferro:

link: https://www.dropbox.com/s/sr5grk7m4t0ysc7/Album%20Ilustrado%20da%20Companhia%20Paulista%20Estrada%20de%20Ferro-1918.exe?dl=0

* Nota: arquivo com extensão executável (.exe), o antivírus do computador pode bloquear o arquivo.

 

Texto/Matéria: Silvia Gustavo Fonte:

  • Processo Legislativo nº 003/18 - Req. 697/2018 - autoria Vereador Elias Chediek
  • Texto extraído do livro "Para uma história de Araraquara", de Rodolpho Telarolli
  • Foto 1 e 2 : Álbum ilustrado da Companhia Estradas de Ferro Paulista - 1918

 




Publicado em: 17 de janeiro de 2020

Publicado por: Silvia Gustavo

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Memorial

Outras Notícias

Fique por dentro


Memória: há 88 anos, as mulheres brasileiras garantiram o direito ao voto

21 de fevereiro de 2020

O Memorial da Câmara Municipal relembra que o impedimento do voto à mulher somente foi quebrado há 88 anos, em 24 de fevereiro de 1932, com a publicação do Decreto nº 21.076 - Código Eleitoral, que em seu artigo 2º dizia: “É eleitor o cidadão maior de 21 anos, sem distinção de sexo, alistado na f...


Arquivo Histórico

14 de fevereiro de 2020

O Memorial da Câmara Municipal disponibiliza para pesquisa, o Arquivo Histórico/Anais do Poder Legislativo araraquarense. São matérias que foram inseridas na pauta das sessões camarárias, versando sobre a história, memória da cidade, da região, do estado e do país, sobre acontecimentos e fatos q...


Araraquara: 131 anos da sua elevação de vila à cidade

06 de fevereiro de 2020

O antigo povoado de São Bento de Araraquara teve sua freguesia criada no município de Itu, pelo Alvará de 22 de agosto de 1817. Anos mais tarde, em 31 de outubro de 1821, a freguesia foi transferida para o município de Piracicaba, tornando-se vila, por meio de Decreto Imperial em 10 de julho de...


Calendário Municipal do mês: FEVEREIRO

01 de fevereiro de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:    Lei Data Descrição Autoria Data comemorativa 6064 28/...


Memória: Crime dos Brito - há 123 anos dava-se início ao crime

30 de janeiro de 2020

Um pouco do contexto histórico Fins do século XIX, a cidade de Araraquara se recuperava da epidemia de Febre Amarela, ampliava suas riquezas econômicas através da produção do café e escoava pela estrada de ferro, inaugurada em 1885. A urbe crescia em volta do largo da Igreja Matriz, o ambiente...


Memória: Biografia do ex-servidor público municipal Euripes Ancelmo

23 de janeiro de 2020

Biografia Euripes Ancelmo nasceu em 6 de abril de 1929, no Distrito de Silvania, Matão/SP, filho de José Cezarino Ancelmo e Angelina Pianisola Ancelmo. De família numerosa, cresceu ao lado dos irmãos Ercilia, Maria Lourdes, Guiomar, Carlos, Werthe e Maria Teresa. Mudou-se com a família aos 6 a...