Fone: (16) 3301-0641

Araraquara volta a receber voos comerciais

Vice-presidente da Câmara Municipal, Edio Lopes, integrou comitiva do voo inaugural


Após cinco anos, o Aeroporto Estadual “Bartholomeu de Gusmão”, em Araraquara, voltou a receber voos comerciais da Azul Linhas Aéreas. O voo inaugural aconteceu na manhã desta terça-feira (17), com partida de Viracopos, em Campinas, trazendo diversas autoridades, entre elas o prefeito Edinho Silva (PT) e o vice-presidente da Câmara, Edio Lopes (PT). A chegada em Araraquara, às 9h30, foi batizada com jatos de água.

Para o parlamentar, a expectativa é que a volta dos voos fomente o turismo regional e, principalmente o rural “que tem muito potencial e precisa ser desenvolvido”, disse. Inicialmente, os voos entre as duas cidades acontecem quatro vezes por semana, sempre às terças, quintas, sábados e domingos, com partida de Campinas para Araraquara às 9h30. As decolagens no caminho inverso acontecem às 10h45. Após a certificação do aeroporto para operações noturnas, os voos passarão a ser diários, com saída de Araraquara às 5h45 e retorno às 22h50.

O assessor da presidência da Azul, Ronaldo Veras, destacou que a empresa “não está ligando apenas Araraquara a Campinas, e sim toda a região a mais de 60 destinos no Brasil e fora do País.” Ele ainda apontou para os valores atraentes das tarifas, com opções a partir de R$ 50,00, sendo o valor médio estimado em R$ 180,00. “Viemos para ficar”, afirmou.

O retorno da Azul para a cidade integra o programa estadual "São Paulo para Todos", que concedeu redução na alíquota do imposto sobre querosene de 25% para 12%, tendo como contrapartida o investimento das empresas aéreas no fomento da aviação no interior e no litoral do estado de São Paulo. Representando o secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, Luís Sobrinho traçou um paralelo entre a história do Brasil e o desenvolvimento dos meios de transporte, ressaltando que após os portos, as ferrovias e as rodovias, hoje, “os aeroportos são o centro de distribuição e desenvolvimento econômico de qualquer município do Brasil”.

Também participaram do evento os vereadores Edson Hel (Cidadania), Jéferson Yashuda (PSDB), José Carlos Porsani (PSDB), Paulo Landim (PT), Rafael de Angeli (PSDB), Roger Mendes (Progressistas), Toninho do Mel (PT) e Zé Luiz – Zé Macaco (Cidadania). O superintendente do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), Antônio de Oliveira Claret, e o secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, João Otaviano, foram representados pelo diretor de Operações Aeroportuárias, Álvaro Cardoso Júnior.

História

O Aeroporto Estadual de Araraquara foi inaugurado na década de 1930. Nos anos 1970, o local ganhou um terminal de passageiros e a pista foi pavimentada e ampliada pelo Daesp. O último período em que o aeroporto recebeu voos comerciais foi entre 2013 e 2014, também com viagens pela Azul Linhas Aéreas entre Araraquara e Campinas, após uma ampla reforma que expandiu o terminal de passageiros de 210 m2 para 1,6 mil m2.

A volta dos voos foi anunciada em abril, em evento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, com a presença de autoridades locais. “Nunca achei normal que um aeroporto que recebeu tamanho investimento ficasse desativado. Há muitas capitais no Brasil que não têm esta estrutura”, disse o prefeito Edinho Silva, para quem o retorno dos voos presta um relevante serviço à comunidade, além de fomentar o desenvolvimento econômico e transformar Araraquara em um grande polo de investimento.

Veja as fotos aqui




Publicado em: 17 de dezembro de 2019

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Outras Notícias

Fique por dentro


Memória: há 88 anos, as mulheres brasileiras garantiram o direito ao voto

21 de fevereiro de 2020

O Memorial da Câmara Municipal relembra que o impedimento do voto à mulher somente foi quebrado há 88 anos, em 24 de fevereiro de 1932, com a publicação do Decreto nº 21.076 - Código Eleitoral, que em seu artigo 2º dizia: “É eleitor o cidadão maior de 21 anos, sem distinção de sexo, alistado na f...


Arquivo Histórico

14 de fevereiro de 2020

O Memorial da Câmara Municipal disponibiliza para pesquisa, o Arquivo Histórico/Anais do Poder Legislativo araraquarense. São matérias que foram inseridas na pauta das sessões camarárias, versando sobre a história, memória da cidade, da região, do estado e do país, sobre acontecimentos e fatos q...


Araraquara: 131 anos da sua elevação de vila à cidade

06 de fevereiro de 2020

O antigo povoado de São Bento de Araraquara teve sua freguesia criada no município de Itu, pelo Alvará de 22 de agosto de 1817. Anos mais tarde, em 31 de outubro de 1821, a freguesia foi transferida para o município de Piracicaba, tornando-se vila, por meio de Decreto Imperial em 10 de julho de...


Calendário Municipal do mês: FEVEREIRO

01 de fevereiro de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:    Lei Data Descrição Autoria Data comemorativa 6064 28/...


Memória: Crime dos Brito - há 123 anos dava-se início ao crime

30 de janeiro de 2020

Um pouco do contexto histórico Fins do século XIX, a cidade de Araraquara se recuperava da epidemia de Febre Amarela, ampliava suas riquezas econômicas através da produção do café e escoava pela estrada de ferro, inaugurada em 1885. A urbe crescia em volta do largo da Igreja Matriz, o ambiente...


Memória: Biografia do ex-servidor público municipal Euripes Ancelmo

23 de janeiro de 2020

Biografia Euripes Ancelmo nasceu em 6 de abril de 1929, no Distrito de Silvania, Matão/SP, filho de José Cezarino Ancelmo e Angelina Pianisola Ancelmo. De família numerosa, cresceu ao lado dos irmãos Ercilia, Maria Lourdes, Guiomar, Carlos, Werthe e Maria Teresa. Mudou-se com a família aos 6 a...