Fone: (16) 3301-0641

Biografia do ex-vereador Elias Damus

Biografia do ex-vereador Elias Damus


A Família Damus:

Nassif Damus, pai do Ex-vereador Elias Damus, nasceu em 08/04/1894, em Mashdalum, no Líbano, assim como outros jovens desiludidos e temerosos do futuro por conta da invasão de turcos, chegou ao Brasil em 1912 a convite do seu tio Félix, indo residir em Corumbá - MS.

Em 1920 mudou-se para a cidade de Aquidauana naquele estado, onde moravam irmãos e sobrinhos, estabelecendo-se no ramo de secos e molhados.

O destino levou-o novamente ao Líbano, em 1929, retornando em outubro daquele ano, casado com sua prima Zahia Damus, fixando residência em Aquidauana. Dessa união nasceram os filhos Loris, Lela, Elias Damus e Lourdes.

No ano de 1952, Nassif com a família muda para Araraquara e adquire a "Casa Lauand", que passou a chamar-se "Casa Damus".

Biografia:

foto-pai-1

Elias Damus

Elias Damus nasceu em 19/05/1934, em Aquidauana, no Estado de Mato Grosso/MS.

Fez o curso primário na mesma cidade, na Escola 15 de Agosto, e para cursar o ginásio seus pais o enviaram para Campo Grande, onde ficou internado no Colégio Don Bosco dos Padres Salesianos até a conclusão do curso.

base-aerea-1 base-aerea1-1

Após o término do ginásio, ingressou na Base Aérea de Campo Grande onde permaneceu até 1952 e logo depois, em 1953 mudou-se para Araraquara.

Trabalhou no ramo de comércio.

casamento

Em 1968 casou-se com a senhora Maria de Lourdes Andrião, a Mariazinha, sendo que dessa união nasceram suas filhas Dilma Helena e Juliana.

Elias carinhosamente chamava sua esposa de "vice-vereadora", tamanho era o companheirismo e apoio incondicional que ela dedicava ao seu trabalho.

Pai amoroso, durante o período que nasceram suas duas filhas, afastou-se da política.

Vida política:

O jovem Elias de 25 anos, sempre manifestando sua vontade de ajudar o próximo, ingressou na política pelos pedidos dos amigos para que ele fosse seu representante na Câmara Municipal.

diplomacao-1960

Elegeu-se vereador pela Bancada do Partido Social Progressista - PSP, assumindo uma cadeira pela primeira vez em janeiro de 1960 na 4ª. Legislatura.

Foi reeleito vereador nas 5ª, 8ª, 9ª 10ª, 11ª e 12ª legislaturas.

Nota: Não se candidatou para a 6ª e 7ª legislatura, a pedido de sua esposa, época do nascimento de suas filhas.

Nos primeiros dois mandatos, o cargo de vereador era exercido sem remuneração ou qualquer ajuda de custo. Dessa forma, conciliava a carreira política com seu trabalho como comerciante.

Fez parte da Mesa Diretora em 1965 como 2º secretário; de 1968 a 1969 como Vice-Presidente; de 1985 a 1987 como 1º secretário; de 1989 a 1990 como Vice-Presidente; de 1991 a 1992 e de 1995 a 1996 como 1º Secretário; e em 1999 novamente como Vice-Presidente.

Notabilizou-se pela sua postura de defensor dos cidadãos humildes e carentes, que viam nele o patrono e guia nas mais diversas reivindicações populares.

Participou de várias comissões ao longo do mandato, como a que tinha por finalidade de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade; instalar na cidade uma escola lassalista; abrir diversas vias públicas da sede do Município que se encontravam interrompidas; discutir junto à Direção da Escola de Belas Artes de Araraquara, o problema que vinha dificultando o registro dos diplomas expedidos, entre outras.

Em 1974 fundou a Sociedade de Amigos do Parque do Carmo, onde ocupou o cargo de presidente e graças ao seu incansável espírito de luta, conseguiu a doação de uma área para construção da sede própria.

Atendendo à apelos, voltou à Câmara Municipal em 1977 eleito pela Aliança Renovadora Nacional – ARENA.

tribuna

Em 1983, 1989 e 1993 foi eleito pelo Partido Democrático Social – PDS, sendo que foi fiel ao partido até o fim de sua vida.

Integrou outras comissões e conselhos, como o Conselho Municipal de Tributos; Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento para a elaboração da Lei Orgânica deste Município; Comissão de Política Salarial dos Servidores Municipais de Araraquara; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMCRIAR; Comissão composta por Líderes Partidários, Representantes Partidários e Funcionários da Câmara Municipal, para apresentar um plano de carreira destinado aos funcionários do legislativo; Comissão Especial de Política de Desenvolvimento Industrial do Município de Araraquara, entre outras.

foto-47

Em 1995, após uma fusão, o Partido PDS passou a denominar Partido Progressista Renovador – PPR na Câmara Municipal, sendo Elias Damus seu representante.

Posteriormente em 1997, o Partido PPR mudaria para o então Partido Partido Progressista Brasileiro – PPB pelo qual Elias Damus foi eleito novamente. Numa nova mudança, o partido se tornou o Partido Progressista (PP) em 2003.

Sempre integrando comissões, participou da Comissão Especial de Estudo visando à alteração do Código de Obras do Município, a fim de incorporar a exigência de instalação tubulares de gás natural, como também da Comissão sobre a criação do Fundo Especial de Bombeiros (FEBOM).

Exerceu sempre com brilhantismo todos os cargos que lhe foram confiados durante sua extensa vida pública e manteve-se sempre fiel ao partido e às diretrizes propostas pela bancada.

Foi homenageado com o título de “Cidadão Araraquarense”, através do Decreto Legislativo nº 348, em 1997.

Elias Damus sempre se sagrou vitorioso nas eleições em virtude do reconhecimento do trabalho e também pelo espírito jovial e amigo, recompensa expressa nas urnas, ficando entre os mais votados em todas as eleições que disputou.

Preferiu permanecer em nossa cidade, mesmo com os apelos de seus eleitores para se candidatar a prefeito ou para deputado, pois sabia que para isso haveria a necessidade de ausentar-se da sua amada Araraquara.

No dia 25 de novembro de 1999, após breve adoecimento e em pleno mandato, faleceu em nosso município e foi sentido profundamente por seus familiares, amigos e correligionários.

Foi decretado luto oficial de três dias pelo então prefeito Waldemar de Santi, sendo que seu corpo foi velado nesta Casa de Leis e enterrado no Cemitério São Bento.

Homenagens póstumas: 

Em 19 de maio de 2001 foi denominada a “Galeria Vereador ELIAS DAMUS”, como o conjunto de salas localizado no andar térreo da Câmara Municipal de Araraquara destinadas aos Membros da Mesa Diretora do Legislativo, bem como a galeria dos Presidentes da Câmara.aimg_1903-1

Em 2003, através da Lei Municipal nº 5969, foi denominada “Vereador ELIAS DAMUS” a passagem para pedestres localizada defronte ao Shopping Jaraguá, que tem seu início na Avenida Rodrigo Fernando Grillo do loteamento Jardim dos Manacás e o seu término na Avenida Alberto Benassi.

passarela-elias-damus-08-11

Em 2004, através da Lei Municipal nº 6155, foi denominada Área de Esportes e Lazer “Vereador Elias Damus”, o conjunto de equipamentos esportivos e recreativos situado na Avenida Fausto Clóvis Fagundes Lavras, nº 349, no Jardim Tangará.

area-lazer-elias-damus-1area-lazer-elias-damus1-1

Foi homenageado também através da Lei Estadual nº 13.073 de 12 de junho de 2008, quando a interligação (código SPI 274/310) da Rodovia Washington Luís – SP 310 com a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros – SP 255, no Município de Araraquara, passou a denominar-se “Vereador Elias Damus”.

interligacao-1 interligacao

Elias Damus é saudoso vereador, que mais vezes foi eleito sucessivamente à Câmara Municipal de Araraquara.

Texto: Silvia Gustavo/Memorial da Câmara Municipal
Fontes: Processo Legislativo 363/99 e 364/99; Seu nome está na rua - Samuel Brasil Bueno e fotos cedidas pela filha Juliana Damus.
 




Publicado em: 25 de novembro de 2016

Publicado por: CÂMARA MUNICIPAL DE ARARAQUARA

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Memorial

Outras Notícias

Fique por dentro


Datas comemorativas do mês de agosto

31 de julho de 2020

Calendário Municipal de Eventos - Agosto/2020   Lei Data Evento Autoria Data comemorativa 6582 20/06/2007 Semana Rodolfo Telarolli - Araraquara em Debate Edna Martins agosto 7279 07/07/2010 Festival do Pastel & Caldo de...


Calendário municipal do mês: Julho

01 de julho de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:  Lei Data Assunto Autoria Data comemorativa 6419 25/05/2006...


Calendário municipal do mês de junho

01 de junho de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:    Lei Data Assunto Autoria Data comemorativa 4837 10/06...


Memória: Bandeira de Araraquara

29 de maio de 2020

O Memorial da Câmara Municipal, na semana em que comemoramos o Dia da Bandeira de Araraquara, 30 de maio, com a intenção de preservar o resgate histórico, relembra um pouco da história do símbolo, apresentando suas origens e significados. A data foi instituída através da Lei Municipal nº 8703, em...


Memória: Juventude Constitucionalista

22 de maio de 2020

O Memorial da Câmara Municipal, na semana em que comemoramos o Dia da Juventude Constitucionalista, 23 de maio, com a intenção de preservar o resgate histórico, disponibiliza o histórico Álbum Paulista, uma publicação da época, que traz ilustrações de emblemas, medalhas, distintivos, símbolos, se...


Memória: Museu Histórico

15 de maio de 2020

O Memorial da Câmara Municipal relembra que dia 18 de maio é o Dia Nacional dos Museus, mês em que se comemora em nosso município a Semana dos Museus. O primeiro museu no município é o Museu Histórico "Voluntários da Pátria".   Contexto histórico Foi na gestão do então prefeito Pereira Lima,...